Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Isento e imparcial

Há, em Portugal, uma tendência que vem de longe e que tem sido agudizada pela constante má convivência do governo socialista com a crítica. Diz essa tendência, que o jornalismo quer-se casto e livre de parcialidade. O jornalismo deve ser isento e acrítico. O nosso jornalismo tem de respeitar uma série de padrões éticos e deontológicos, que mais não são do que as considerações arbitrárias e anónimas emanadas pela máquina que tudo limita.

 

Ao escrever isto, passam-me pela cabeça imagens de um Bill O’Reilly a divulgar com estrondo tamanho ridículo. Até de um Jon Stewart sem necessidade de alterar esta história para fazer uma piada. Esses dois belos exemplos de imparcialidade, pois então.

publicado por Tiago Loureiro às 18:25
link do post | comentar | favorito
contacto | twitter

autores

pesquisar

 

blogues dos nossos

mais comentados

16 comentários
14 comentários
11 comentários
8 comentários

últ. comentários

OláCandidate-se a empréstimo rápido e confiável de...
Olá Pessoal, Eu concedo empréstimo de todos os tip...
Atenção: se você sabe que está pronto para se torn...
Meu nome é Patricia Martins, de Portugal, uma mãe ...
Você está ansioso para comprar para salvar a vida ...
Eu preciso de um crédito urugente entre particular...
Olá,Aviso aos meus clientes gentis, o endereço de ...
Grave e honesto em 72hVocê precisa de um empréstim...
Dia bomSe você é homem de negócios ou mulher? Se v...
Solicite um empréstimo rápido e conveniente para p...

arquivos

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds