Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

JN/Mário Crespo

Sobre isto, parece-me que a linha editorial tem todo o direito de rejeitar o artigo de Mário Crespo. Mal era se não tivesse a liberdade de o fazer, salvo se houver alguma alinea no contrato de colaboração com o jornalista que obrigue a algum tipo de situação especial, mas mesmo assim aí estão os tribunais para lidar com um problema de litigio entre entidade empregadora e empregado.

 

Há problema se, a suposta decisão do JN em não aceitar tiver origem numa pressão extra JN, neste caso dos visados, para a não publicação do texto. Mas mesmo nesse caso, o problema cai em quem fez a pressão, não em quem se sentiu pressionado. Independemente da razão da não publicação, a liberdade de imprensa permite ao JN aceitar ou rejeitar o que quer publicar.

 

A questão aqui deve-se prender mais com a pressão que foi feita, que é vergonhasa, e não com quem a sentiu e sucumbiu a ela, por muito desonesto que seja, o JN tem o direito de o fazer.

publicado por Nuno Silva às 17:20
link do post | comentar | favorito
contacto | twitter

autores

pesquisar

 

blogues dos nossos

mais comentados

16 comentários
14 comentários
11 comentários
8 comentários

últ. comentários

Candidate-se a um empréstimo pessoal rápido e conv...
EMPRESA DE GRUPO DE EMPRÉSTIMOSVocê precisa de um ...
Olá a todos!Eu sou Maria, atualmente moro no Porto...
Caro Empregado de EmpréstimoVocê em alguma dificul...
Do You Need A Loan To Consolidate Your Debt At 1.0...
Você está ajoelhado no chão? E você é solicitado p...
Você está ajoelhado no chão? E você é solicitado p...
Muitos de nós ainda desconhecem o recente desenvol...
OláCandidate-se a empréstimo rápido e confiável de...
Olá Pessoal, Eu concedo empréstimo de todos os tip...

arquivos

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds