Segunda-feira, 4 de Janeiro de 2010

A importância de um congresso

“Por mim, que fui, com honra, quem primeiro defendeu - com Rui Gomes da Silva - este método de eleição [eleições directas], não concebo que se queira voltar atrás.”

 

Estas palavras são de Pedro Santana Lopes, numa das suas mil versões anteriores, em que defendia com unhas e dentes a eleição do presidente do PSD em directas. Hoje, pouco mais de dois anos e duas derrotas eleitorais depois, o menino guerreiro vai desfilando mais uma vez sob as luzes da ribalta com a feroz dedicação de recolher as assinaturas necessárias para a realização de um congresso extraordinário antes das próximas directas.

 

No fundo, o que ele pretende, ainda que sob disfarce, é voltar atrás. A desculpa de que o PSD precisa de discutir ideias, métodos, programas, é todo um conjunto de motivos que demonstram a falibilidade do actual método de escolha do líder em uso no PSD (no PS e no CDS também, já agora) em comparação com os antigos congressos electivos e a falibilidade da convicção de Santana Lopes em 2007.

 

É uma evidência que o método das directas retira conteúdo a um momento eleitoral que não passa disso mesmo, aprimorado com um congresso no final para servir de enfeite. E torna-se uma evidência que os congressos são o grande fórum de discussão de ideias, argumentos e estratégias, feito sob o signo da pluralidade, de uma verdadeira noção de contraditório, e da emoção natural de quem sente o partido e quer o melhor para ele.

publicado por Tiago Loureiro às 23:57
link do post | comentar | favorito
4 comentários:
De Tomás Belchior a 5 de Janeiro de 2010 às 15:37
Tiago,

Sendo um perfeito novato nestas andanças internas dos partidos, deixa-me ver se eu percebi o teu ponto de vista. Para ti as directas são uma solução pior para eleger uma liderança do que um congresso basicamente porque as directas esvaziam os congressos do seu significado/interesse? Ou seja, não é que tu sejas propriamente contra as directas, és, isso sim, a favor dos congressos. É isso?


De Tiago Loureiro a 5 de Janeiro de 2010 às 16:34
É isso. Entendo a bondade da ideia de eleger um líder através de eleições directas mas, vistas na prática, elas roubaram aos partidos a escolha decorrente de uma verdadeira discussão de argumentos e pontos de vista num fórum que existe para o efeito (onde não estão todos os militantes, mas onde todos estão indirectamente representados pelos seus eleitos) e transformaram o processo de escolha numa mera rotina eleitoral e de campanha, muito limitada em termos de conteúdo.


De Tomás Belchior a 5 de Janeiro de 2010 às 16:52
Entendido.

Eu percebo a utilidade de um congresso mas por outro lado acho essencial a possibilidade de concorrência directa numa fase anterior. É certo que em teoria é isso que se passa na eleição de delegados mas aí talvez a coisa se passe e um nível demasiado desagregado, sem grande fundamento e sem impedir o "manobrismo" que supostamente desvirtua os canais de comunicação entre os militantes e os seus representantes.

Enfim, acho que no fundo, tanto por uma via como por outra falta "arejamento".


De Tiago Loureiro a 5 de Janeiro de 2010 às 17:07
De facto, nenhum dos cenários é perfeito. Concordo. Mas penso que um mostra ter condições para ser mais produtivo do que o outro. É uma questão de descobrir utilidade no meio de tudo isto.


Comentar post

contacto | twitter

autores

pesquisar

 

blogues dos nossos

mais comentados

16 comentários
14 comentários
11 comentários
8 comentários

últ. comentários

OláCandidate-se a empréstimo rápido e confiável de...
Olá Pessoal, Eu concedo empréstimo de todos os tip...
Atenção: se você sabe que está pronto para se torn...
Meu nome é Patricia Martins, de Portugal, uma mãe ...
Você está ansioso para comprar para salvar a vida ...
Eu preciso de um crédito urugente entre particular...
Olá,Aviso aos meus clientes gentis, o endereço de ...
Grave e honesto em 72hVocê precisa de um empréstim...
Dia bomSe você é homem de negócios ou mulher? Se v...
Solicite um empréstimo rápido e conveniente para p...

arquivos

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds