Sexta-feira, 12 de Fevereiro de 2010

Nada de novo

Quem lê o Sol de hoje pode achar-se vítima de ataque de diversos sentimentos: indignação, vergonha, frustração, irritação... Mas, tal como ontem afirmou Lobo Xavier na Quadratura do Círculo, surpresa não é coisa que afecte quem lê aquelas sete páginas e tenha a mínima noção da realidade do país em que vive. Compadrios, influências, manobras, manipulação, enfim, a mão gorda de quem manda e acha que tudo pode - a mão imunda de um estado que nunca mais acaba e que em tudo marca presença – constantemente em acção manchando a decência e a dignidade da nossa democracia e, acima de tudo, compromentendo a nossa liberdade.

publicado por Tiago Loureiro às 16:26
link do post | comentar | ver comentários (16) | favorito
Quarta-feira, 3 de Fevereiro de 2010

Comadres zangadas

Felizmente, a bem do nosso direito à privacidade, o PS parece ter esquecido a idiotice de expor publicamente os rendimentos dos contribuintes. No entanto, houve qualquer coisa que ficou exposta mais uma vez: depois das polémicas desavenças entre Francisco Assis e os seus vice-presidentes – uma disputa em que até Sócrates tomou partido – o grupo parlamentar socialista volta a mostrar sinais de divisão e discordância, sem fazer questão de as guardar no no recato da privacidade. Então não é que Francisco Assis adiantou nem sequer tinha conhecimento da proposta, tendo sabido dela pelos jornais?

publicado por Tiago Loureiro às 20:06
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Eles já tinham avisado

 

Eu continuarei fã, como sempre, deste espaço informativo reaccionário e tendencioso e do senhor que o apresenta. Hoje, mais do que nunca.

publicado por Tiago Loureiro às 15:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 1 de Fevereiro de 2010

Isento e imparcial

Há, em Portugal, uma tendência que vem de longe e que tem sido agudizada pela constante má convivência do governo socialista com a crítica. Diz essa tendência, que o jornalismo quer-se casto e livre de parcialidade. O jornalismo deve ser isento e acrítico. O nosso jornalismo tem de respeitar uma série de padrões éticos e deontológicos, que mais não são do que as considerações arbitrárias e anónimas emanadas pela máquina que tudo limita.

 

Ao escrever isto, passam-me pela cabeça imagens de um Bill O’Reilly a divulgar com estrondo tamanho ridículo. Até de um Jon Stewart sem necessidade de alterar esta história para fazer uma piada. Esses dois belos exemplos de imparcialidade, pois então.

publicado por Tiago Loureiro às 18:25
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 25 de Janeiro de 2010

Bloga

O Tiago Moreira Ramalho deu finalmente o pontapé de saída no seu Plomb du Cantal. A acompanhar.

publicado por Tiago Loureiro às 19:36
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 19 de Janeiro de 2010

Bloga

Anúncia-se o nascimento da República do Caústico. O João Maria Condeixa, amigo cá da casa, volta ao activo na blogosfera. Já fazia falta.

publicado por Tiago Loureiro às 17:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

O Fim do Salário Mínimo

Tiago Moreira Ramalho, no Aparelho de Estado:

 

«Em todo o mundo há cerca de trinta países sem Salário Mínimo estabelecido por lei. Parece pouco, quando vemos o número. Mas o interessante aqui não é o número de países sem Salário Mínimo. O interessante aqui é saber que países são esses. Entre os países sem Salário Mínimo encontramos a Áustria, a Dinamarca, a Finlândia, a Islândia, a Itália, a Noruega e a Suíça. Estes países, excelso leitor, para além de estarem entre os mais desenvolvidos do mundo, estão também entre os países com menos desigualdades sociais. É verdade. Nós, em Portugal, temos níveis de taxação semelhantes aos nórdicos (já, leitor, já) e, apesar (ou por causa?) do Salário Mínimo Nacional, continuamos a ter níveis de pobreza confrangedores para qualquer país que se auto-proclame "desenvolvido".»

 

(continuar a ler)

publicado por Tiago Loureiro às 02:07
link do post | comentar | favorito
Sábado, 16 de Janeiro de 2010

Com ferros matas...

Após a escolha de Mário Soares como candidato do PS nas últimas presidenciais, uma facção socialista, que pretendia ver Manuel Alegre como candidato presidencial, emancipou-se ao ponto de criar uma cisão com o partido, promovendo uma candidatura própria.

 

Também por isso, Alegre foi ganhando anticorpos em muitos sectores do seu partido. A candidatura presidencial à revelia do PS somada à constante postura de desalinhado no grupo parlamentar e na opinião pública, levaram o poeta a merecer o olhar desconfiado de alguns dos seus camaradas.

 

Por isso é legítimo aplicar a mesma lógica de 2006 de forma inversa. E se agora, que Manuel Alegre é um sapo que Sócrates provavelmente vai engolir, o PS se dividir à custa de uma facção contra Alegre?

publicado por Tiago Loureiro às 02:05
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 15 de Janeiro de 2010

Mal menor

Manuel Alegre será candidato nas presidenciais. Ponto. De Cavaco Silva não se espera outra coisa que não seja uma recandidatura. Perante estes dois candidatos, aceitam-se apostas de qual receberá o voto de José Sócrates.

publicado por Tiago Loureiro às 17:44
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 14 de Janeiro de 2010

Ruas sem saída

A argumentação socialista baseada na colagem literal ao seu programa na questão do casamento entre pessoas do mesmo sexo – que os levou a recusar propostas de dois partidos nesse sentido há uns tempos e os fez aprovar o alargamento do "casamento" para os homossexuais sem a adopção – pode tornar-se num beco sem saída para o PS.

 

Vamos imaginar que a inconstitucionalidade da coisa fica provada. O que fará Sócrates? Inclui a adopção e legisla sobre uma situação para a qual – segundo a lógica socialista – não tem mandato para legislar? Ou volta atrás, fazendo aprovar um regime jurídico próprio para estes casos, deixando cair a proposta programática de “remover as barreiras jurídicas à realização do casamento civil entre pessoas do mesmo sexo”?

 

Num caso como noutro, o argumento oco que os socialistas foram usando como fuga, será o mesmo que os vai fazer cair numa armadilha programática e jurídica criada por eles próprios.

publicado por Tiago Loureiro às 13:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
contacto | twitter

autores

pesquisar

 

blogues dos nossos

mais comentados

16 comentários
14 comentários
11 comentários
8 comentários

últ. comentários

Solicite um empréstimo rápido e conveniente para p...
Você quer comprar um rim? ou quer vender seu rim??...
Olá Você precisa de um empréstimo, empréstimo ...
Oláoferta de empréstimo de dinheiro rápido entre p...
Olá.Não se preocupe Mais para o seu pedido de empr...
Olá Sir / SraNós oferecemos nossos serviços para p...
SOUTHWESTLOANFUNDING é uma empresa de empréstimo n...
oferta de empréstimo a qualquer um sério e respons...
Good Day Dear Loan Seeker,Do you need an urgent fi...
oferta de empréstimo entre particular, muito rápid...

arquivos

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

tags

todas as tags

blogs SAPO

subscrever feeds